Como usar suas criptomoedas no dia a dia

Acha complicado usar criptomoedas no dia a dia? Como se proteger de oscilações bruscas? E as validações da blockchain, não demoram? É possível “viver” só de cripto – do recebimento ao pagamento de contas? Essas são algumas das questões que vamos abrir para discussão neste post.

Por serem ativos relativamente novos e que ainda apresentam grandes oscilações, a maioria dos detentores de criptomoedas as utilizam para investimentos, seja a médio, longo ou curto prazo. Porém, já vemos crescendo a comunidade de “adopters”, pessoas que utilizam criptomoedas no dia a dia, inclusive recebendo pagamentos por seus trabalhos e pagando seu cafezinho ou a conta da lavanderia. Existem hoje algumas opções de maquininhas e pulseiras ou cartões de pagamento que transacionam em cripto – porém ponto de venda e cliente devem usar o mesmo sistema e mesma “bandeira” para a transação em cripto acontecer. Além disso, ambos devem estar de acordo com o preço e com a cotação utilizados no momento da negociação e pagamento. Outro fator importante a se considerar é o tempo de validações da transação na blockchain, que pode variar de cripto a cripto, ou ainda o ponto de venda pode exigir um número mínimo de validações para reconhecer a transação como efetuada, o que também faz com que a operação leve mais tempo. 

Para facilitar o uso das criptomoedas, colocamos à disposição alguns serviços que você paga em cripto e o outro lado recebe em reais, facilitando as confirmações, validações e acelerando o processo, dando muito mais liberdade de utilização para você. Além disso, a ponta recebedora não precisará se preocupar com a cotação da cripto ou com o que fazer com a criptomoeda depois de recebida. 

Um dos exemplos é a Atar Pay, uma conta digital integrada com a Stratum e que disponibiliza cartões de crédito pré pagos e pulseiras de pagamento por aproximação com a bandeira Mastercard, que podem ser recarregados pela SmartWallet (desktop e app) de maneira praticamente instantânea. Pela bandeira que utilizam, podem ser usados em qualquer canto do mundo que tenha uma maquininha que aceite cartões Master. Isso dá ao usuário a liberdade de pagar seu cafezinho com criptomoedas, sem estresse e que nem mesmo que o ponto de venda saiba que está sendo pago com cripto, pois ele receberá em Reais. Ou ainda, usar suas reservas de cripto em caso de uma emergência – você conseguiria sacar seus investimentos em aplicações tradicionais, para usar numa madrugada em uma emergência de saúde? Com cripto você consegue (a pessoa que vos fala passou por essa situação, teve de usar seus investimentos em bitcoin para pagar a conta do veterinário, em uma emergência com seu bichinho de estimação, numa madrugada fria de inverno em Florianópolis – carregando o cartão de crédito pré pago da Atar com cripto na hora de pagar a conta).

Quer mais exemplos de uso no dia a dia? Já imaginou pagar boletos e recarregar telefone pré pago com cripto? Pois é, na SmartWallet você também tem essas funções. Contas de água, luz, telefone, boletos de aluguel ou compras online e até mesmo seu imposto. 

Lembrando que o crédito para celular entra praticamente na mesma hora, mas boletos devem ser pagos com pelo menos dois dias úteis de antecedência à data de vencimento, pois há o prazo de compensação bancária. 

O próximo passo pode ser receber seus pagamentos em criptomoedas. Se você presta serviços para outras regiões, por exemplo, e precisa receber um pagamento de maneira rápida e com baixas tarifas (ou tarifa zero, de acordo com o tipo de operação), você pode receber em bitcoin, altcoin (demais criptomoedas) ou stablecoin (criptos com lastro em moedas como Real e Dólar, que não sofrem com as oscilações do mercado cripto, sendo uma opção para quem quer fazer um hedge ou proteção de seus recebimentos ou investimentos). 

Esse é o caminho que encontramos para viabilizar este início de jornada de disrupção bancária, econômica e financeira. E você, qual sua opinião sobre o tema? Acredita ser possível viver com cripto?

Deixe um comentário