Universidades apostam em cursos sobre Bitcoin

princeton university

O crescimento do número de profissionais trabalhando com criptomoedas tem chamado a atenção das principais universidades do mundo. Desde o ano passado, cursos sobre a tecnologia que está por trás dos bitcoins vêm sendo oferecidos presencial e virtualmente. Além disso, caixas-eletrônicos estão sendo instalados em diversos campus. Grandes conferências e eventos relacionados também estão ocupando a agenda da academia internacional.

No próximo mês de setembro, dois novos cursos têm início. De graça e online, a Universidade de Princeton oferece, via plataforma Coursera, um programa de 6 semanas sobre “Bitcoin e tecnologias de criptomoedas”. A proposta do curso é entender a nível técnico o que há de tão especial com o Bitcoin, como ele funciona, quão seguro ele é, o que determina o seu preço, quão anônimas são as transações e o que pode ser do futuro desta moeda. O perfil dos alunos interessados deve ser técnico e conhecimentos de programação são pré-requisitos.

Quem também oferece um curso é a Universidade de Stanford. Este também é online, mas custa a partir de USD 3.360. Com duração de três meses, a disciplina entitulada “Criptomoedas: Bitcoin e amigos” faz parte da graduação em segurança cibernética do departamento de ciência da computação da instituição. O foco da matéria é cobrir os aspectos técnicos da segurança de engenharia de softwares, as interações de sistemas com as criptomoedas e o consenso distribuído visando confiabilidade.

No ano passado, as Universidades de Nova York e a Duke foram pioneiras ao criarem os primeiros cursos sobre bitcoins. No Chipre, a Universidade de Nicósia lançou no ano passado um programa de pós-graduação em moedas digitais, que pode ser atendido por estudantes de todo mundo, devido a seu caráter não-presencial.

A lista de instituições que hospedaram eventos relacionados à bitcoin incluem: Berkeley’s Hass School of Business, Harvard Business School, USC’s Marshall School of Business e Glasgow’s Adam Smith Business School.

O respeitado Massachusetts Institute of Technology (MIT) promoveu no ano passado uma feira sobre Bitcoin e totalizou mais de 400 estudantes participantes.

A Universidade de Zurique, a Simon Fraser, do Canadá, e a espanhola Pompeu Fabra recentemente instalaram caixas-eletrônicos de bitcoin para os estudantes interessados utilizarem.

Para saber mais sobre os cursos que se iniciam em setembro, clique abaixo nos links

Curso da Universidade de Princeton

Curso da Universidade de Stanford

Deixe um comentário